O marketing na área da saúde possui particularidades, mas é capaz de trazer diversos benefícios a quem decide implementá-lo. Esse segmento conta com grande potencial de conteúdo para ser explorado e boa receptividade do público. Basta montar e executar uma estratégia de qualidade.

Você ainda não tem uma boa campanha de marketing na área da saúde? Esse mercado está com uma concorrência cada vez maior, então é interessante aproveitar de todo o apoio disponível para impulsionar a sua visibilidade. Basta ter o auxílio de uma agência especializada, já que o marketing na área da saúde possui algumas restrições.

Confira a seguir as principais vantagens de contratar uma agência especializada em marketing na área da saúde:

Acesso a uma equipe de especialistas

Você não precisa se preocupar em estruturar um departamento de marketing próprio e gastar tempo e recursos para recheá-lo de profissionais especializados. Em vez disso, conte com uma agência focada em marketing na área da saúde.

Essas pessoas terão completo conhecimento a respeito do que pode ser feito nesse meio e os melhores caminhos para obter os resultados que você precisa.

Foco total em resultados

Uma das principais vantagens de trabalhar com uma agência de marketing digital é a garantia de que todos os esforços serão dedicados a atingir os seus objetivos. Não há desperdícios nem iniciativas ativadas sem motivo.

Afinal, em um meio tão cheio de possibilidades como o do marketing na área da saúde, é muito fácil cair na armadilha de implementar campanhas mal pensadas.

Domínio dos principais formatos de conteúdo

O marketing na área da saúde possui necessidades bem específicas. Somente determinados tipos de conteúdo conseguirão ser bem-sucedidos.

Você precisa contar com uma agência que saiba planejá-los e tenha a estrutura adequada para executá-los. Com as constantes transformações do ambiente digital, é necessário ser capaz de aproveitar todos os formatos possíveis.

Contrato que se encaixa às suas necessidades

Uma das maiores dificuldades ao lidar com o próprio marketing é fazer o orçamento caber no que você precisa. Felizmente, você tem a opção de contratar uma agência para realizar esse trabalho.

Nessa relação, você é quem manda: o quanto você tem para gastar em marketing acaba conduzindo toda a estratégia. Caso precise ajustar os gastos, basta adaptar o contrato.

Agora que você já compreendeu a importância de contratar uma agência focada em marketing na área de saúde, pode começar o seu processo de decisão.

Leve em conta as suas necessidades e fique de olho no mercado para encontrar a candidata que melhor se encaixa ao que você precisa. É possível aproveitar uma série de benefícios ao implementar uma estratégia de qualidade nessa área, então comece o quanto antes para começar a ver os resultados.

Acesse o site da Humann e entre em contato para conhecer todas as possibilidades que ela pode trazer para a sua campanha!

Você consegue pensar em alguma grande marca que ainda não investe em presença online? Fundamental para se manter em destaque na era digital, as empresas tem investido cada vez mais em e-commerces, sites, redes sociais e todos os canais online capazes de tornar uma marca realmente forte.

Essa revolução digital também gerou uma mudança de hábito no consumidor. Não é à toa que, hoje, as pessoas utilizam cada vez mais a internet para encontrar empresas, produtos e serviços.

Se a sua marca ainda não está no meio digital, é hora de mudar isso já! Entenda agora qual é a importância da presença online e como fazer a sua empresa crescer na internet:

O que é presença online?

A presença online é, de forma geral, uma soma de personalidades, identidades e competências criadas por uma pessoa ou empresa no meio digital. Mas não basta apenas criar um canal na internet e esperar os resultados. Para realmente marcar presença online, suas interações no meio digital devem ser bem planejadas.

Qual é a importância da presença online?

Se você está pensando que a sua empresa não precisa estar na internet porque “não vende nada digital”, saiba que esse é um grande equívoco. Independentemente do setor em que você atua e do tamanho do seu negócio, seus clientes e colaboradores já esperam que você esteja online. Além disso, você pode estar perdendo uma ótima chance de ampliar sua base de clientes e aumentar seus lucros.

Quais são as vantagens?

Acesso 24 horas por dia

A internet está sempre disponível e nunca se cansa de apresentar o seu negócio. Qualquer pessoa pode procurar por seus produtos às três horas da manhã de um domingo, véspera de feriado, e dar de cara com as suas ofertas. Aliás, clientes que você nem sabia que existiam poderão achar a sua empresa!

Conveniência e praticidade

O que é mais conveniente: andar de loja em loja apenas em uma área específica da cidade ou pesquisar em todas as lojas do país no conforto do lar? A resposta é óbvia: o internauta não precisa nem esperar pelo fim do expediente, pois é muito simples finalizar uma compra direto do local de trabalho.

Novos contatos

As mídias sociais são ferramentas especialmente desenvolvidas para criar relacionamentos. Os clientes e os consumidores em potencial poderão interagir com a sua empresa, ainda mais se a sua marca tiver um rosto e uma personalidade no meio digital. Além disso, você passará a conhecer melhor o seu público-alvo.

Estratégias de marketing eficientes

Existem estratégias de marketing digital para todo tipo de negócio. Uma presença online permite que a sua empresa faça o próprio marketing, sem estourar o orçamento, enquanto atinge uma considerável quantidade de pessoas. E, ainda, o Google e as redes sociais, como o Facebook, são capazes de colocar a sua marca em um holofote para milhões de pessoas.

Feedback imediato

Quando acontece algum problema, o cliente quer resolvê-lo o quanto antes. Por meio de um serviço de atendimento ao cliente online, a sua empresa recebe o feedback e é a primeira a saber o que aconteceu. Com uma equipe bem treinada, a resolução do conflito pode vir em questão de minutos. O cliente agradece.

Reputação comprovada

Uma empresa que monitora sua presença online acaba respondendo rápido a críticas e comentários negativos. Com o tempo, esse cuidado todo será revertido em uma reputação cinco estrelas e você verá sua marca divulgada! Diante de um mercado tão concorrido, uma reputação nas alturas vale mais do que ouro.

Práticas que ajudam a melhorar sua presença online

Utilize as redes sociais

Seu público certamente estará presente nas redes sociais, seja no Facebook, no Twitter ou no Instagram. Sendo assim, por que não apostar na criação de uma comunicação que atinja os interesses dessas pessoas no local em que elas se encontram?

O segredo aqui é preparar um tipo de abordagem específico para cada rede. Desenvolva um planejamento estratégico para que cada nova postagem aconteça de maneira criteriosa, facilitando o alcance de objetivos maiores para a empresa.

É bom lembrar que as redes sociais diferem muito entre si no que diz respeito à linguagem e até à maneira de interação. Por isso, é preciso que essa abordagem seja feita de acordo com as características de cada site.

Faça anúncios

Para aparecer em ambiente online você pode ser específico no oferecimento de anúncios. Com campanhas pagas, é possível fazer com que a sua empresa apareça em locais estratégicos da rede.

Exemplos disso são o Google, o Facebook e o YouTube, três dos sites que concentram boa parte da audiência atual. Com o Google Adwords, por exemplo, é possível ter um alcance significativo, com o diferencial de pagar apenas pelo clique, ou seja, você só gasta quando alguém efetivamente clicar no seu anúncio.

Além dele, ferramentas como o Facebook Ads e o YouTube Ads, exclusivas desses sites, também garantem boa influência sobre o consumidor, criando oportunidades para que sua empresa venda mais.

Tenha um bom site

Não basta somente ter uma página interessante na internet. Para que ela, de fato, traga resultados relevantes para sua empresa, é fundamental trabalhar com técnicas de Search Engine Optimization, o famoso SEO. Com ele, você gera tráfego para o site, fazendo com que fique otimizado para os mecanismos de busca.

É importante ter uma estratégia para lidar com sites como o Google, o Yahoo e o Bing, pois são eles que impulsionam a maioria do tráfego na internet. Quando as páginas de seu site são aperfeiçoadas para terem maior destaque nos motores de busca, a tendência é que sua audiência seja maior e mais qualificada.

Movimente o blog da empresa

Da mesma forma, produzindo conteúdos relevantes você tem como manter seu público-alvo atualizado em relação ao universo de sua marca e, mais do que isso, consegue promovê-la como autoridade em sua área de atuação. Isso é muito importante, pois gera no consumidor a confiança no trabalho de sua empresa.

É preciso investir no oferecimento de conteúdo de qualidade, bem escrito e periodicamente renovado. Assim, além da mídia paga, você terá também como obter benefícios com o tráfego orgânico, ou seja, com a vinda espontânea de visitantes para a página da sua empresa.

Pense nos dispositivos móveis

Em tempos em que a maioria das pessoas acessa a internet via dispositivos móveis, nada melhor do que aperfeiçoar a página da sua empresa para que ela seja acessível independentemente do tipo de aparelho usado. Assim, você garante a visibilidade que precisa mesmo quando o acesso é feito pelo smartphone ou tablet.

A palavra certa para tanto é responsividade. É preciso que o site da sua empresa seja responsivo, ou seja, que se adapte à tela de qualquer dispositivo, permitindo uma navegação com respostas rápidas ao visitante sem que imagens, textos, botões, entre outros, se revelem incompatíveis com o aparelho utilizado.

Enfim, a presença online já deixou de ser uma opção para se tornar uma obrigatoriedade para empresas que procuram atingir um grande público. Sendo assim, é preciso considerar as boas práticas que permitem que ela seja um diferencial para o negócio. Fique atento a elas e comece a obter benefícios. Entre em contato com a Humann e saiba como podemos ajudar a sua empresa a crescer.

A gamificação é um conceito que se tornou muito popular no contexto corporativo. Isso porque, para as empresas, é muito vantajoso contar com métodos para incentivar o engajamento das suas equipes, já que isso costuma gerar um aumento de produtividade e qualidade das entregas.

Em termos gerais, gamificação significa pegar um conceito que já existe e transformá-lo em algo dinâmico por meio de mecânicas e características dos jogos. Assim, os envolvidos têm mais motivação para se engajar com as atividades propostas, contribuindo para resultados coletivos cada vez melhores.

Na prática, isso significa que uma empresa de venda de automóveis, por exemplo, pode transformar cada atividade dos vendedores em missões que precisam ser completadas para acumular pontos. Aqueles que acumulam determinada quantidade de pontos recebem premiações equivalentes.

Gostou da ideia? Então continue a leitura e entenda como é possível usar essa prática para motivar e engajar seus funcionários!

Por que implementar a gamificação no ambiente corporativo?

Para aumentar a produtividade da equipe

Você sabia que empresas que implementam a gamificação conseguem um ganho de cerca de 40% na produtividade das equipes? Ao criar incentivos para boa performance e adotar táticas clássicas dos jogos no ambiente corporativo, o resultado acaba sendo bastante positivo para os ganhos da própria empresa — afinal, seus funcionários estarão mais engajados com as atividades do dia a dia!

Para facilitar a condução de treinamentos

A gamificação pode ser uma grande ajuda na hora de conduzir treinamentos dentro da sua empresa. Esse tipo de evento costuma exigir tempo e comprometimento dos seus funcionários, e por isso é muito positivo utilizar uma estratégia eficiente para estimular a participação deles. Além disso, a gamificação é capaz de tornar o aprendizado mais rápido.

Ajuda a equipe a melhorar continuamente

Toda empresa deseja contar com pessoas preocupadas em se aprimorar continuamente, certo? Uma iniciativa de gamificação pode ser o caminho perfeito para isso, já que pode contar com o desenvolvimento profissional como fio condutor. Portanto, o resultado será uma equipe mais engajada e capaz de gerar entregas de melhor qualidade.

Como usar a gamificação para engajar os funcionários?

Incentive o trabalho em equipe

A gamificação pode ser muito mais positiva para a sua empresa se ela servir de instrumento para incentivar o trabalho em equipe. Certifique-se de que as regras da sua dinâmica levem em conta a integração entre os profissionais em vez de promover individualismo. Vale a pena, por exemplo, formar equipes em vez de ter uma disputa de cada um por si.

Integre a gamificação com desenvolvimento profissional

Um dos principais benefícios da gamificação para o ambiente corporativo está em incentivar a melhoria dos profissionais. Portanto, ao implementar essa ideia, certifique-se de que ela se baseie em estimular os participantes a se superarem. Formas fáceis de conseguir isso incluem manter placares de performance e premiação por pontos.

Inclua prêmios e reconhecimento

Qual incentivo os seus profissionais terão para participar da sua estratégia de gamificação? Para que a iniciativa dê certo, você precisa oferecer algum tipo de prêmio para quem obtém bons resultados.

Não se preocupe, pois isso não significa gastos exorbitantes a mais. Use a criatividade para desenvolver premiações que agradem os participantes levando em conta o perfil dessas pessoas.

Pronto, agora você já tem tudo o que necessita para começar a planejar a sua iniciativa de gamificação na sua empresa! Lembre-se de seguir todas essas dicas e ficar de olho nos resultados obtidos. A partir deles, você pode captar pistas de o que ajustar para que a sua estratégia fique cada vez melhor.

Quer descobrir mais possibilidades de engajar sua equipe? Então entenda agora a diferença entre endomarketing e marketing de incentivo!

O marketing digital no setor varejista é uma tendência que veio para ficar. Assim como em praticamente todos os setores de negócio, empresas têm se beneficiado das estratégias no ambiente digital para se promover e aumentar suas vendas.

Neste post vamos falar um pouco sobre quais são os atrativos do marketing digital e como as empresas do setor varejista podem se aproveitar deles. Confira!

 

O que se faz no marketing digital no setor varejista

Meios tradicionais de marketing e publicidade têm caído em descrédito ultimamente. A tendência da jornada de compra dos consumidores tem sido migrar para o ambiente digital por meio de pesquisas online, comparando preços em lojas virtuais ou considerando avaliações de outros clientes. O cliente em potencial passa a exigir confiança no negócio.

A intenção de uma estratégia de marketing digital no setor varejista é promover a empresa e construir essa relação de confiança com clientes em potencial.

Assim, são traçadas ações que visam conferir autoridade à empresa no ramo em que atua, presença interessante em buscas da internet e a criação de canais de engajamento e contato do usuário com o negócio.

Uma estratégia eficiente aproxima clientes que passam a considerar em primeiro lugar a empresa em questão para realizar uma compra, além de posicioná-la bem para clientes em potencial que estão pesquisando opções — que encontram a empresa facilmente e têm uma impressão favorável sobre ela.

Veja abaixo algumas das ações que se pode tomar em uma estratégia de marketing digital no setor varejista.

Marketing de conteúdo

A produção consistente de conteúdo — seja textos em blogs, vídeos, infográficos ou e-books — contribui de duas formas para uma estratégia: de um lado, os algoritmos de sites de busca podem encontrar a empresa e avaliá-la bem, de outro, constrói-se sua autoridade pela demonstração de conhecimento no ramo.

Conteúdo relevante é essencial para atrair e engajar o público da empresa e, quando produzido adequadamente, é capaz de torná-la referência no mercado.

Mídias sociais

As mídias sociais são mais um espaço para captar a atenção do público. Além de mais espaços para a produção de conteúdo, plataformas como o Facebook, o Instagram e o YouTube, por exemplo, possuem ferramentas bem desenvolvidas de anúncios e promoção de posts, que impulsionam muito a geração de visibilidade da empresa.

Outra característica importante das mídias sociais é o potencial de interação com o público. Por meio dessa integração há possibilidade de persuadir seguidores diretamente, criar canais de atendimento e construir todo o DNA da marca, com o qual o público pode se identificar cada vez mais.

E-mail marketing

O e-mail marketing é excepcionalmente útil para o setor varejista. Além de ser um recurso útil para disseminar o conteúdo produzido pela empresa, quando integrado a um sistema de e-commerce ele se torna ainda mais poderoso.

Por meio dele você pode entrar em contato diretamente com seus clientes em potencial, apresentando promoções, novos produtos e ofertas de datas comemorativas, por exemplo.

Também pode-se utilizar o remarketing, que reapresenta, por meio de um e-mail, um produto já visitado pelo usuário em uma oportunidade seguinte, seja para relembrá-lo do produto ou para informá-lo de uma promoção, aumentando a chance de compra.

Mensuração de resultados

Uma das vantagens do marketing digital em relação ao marketing tradicional é que, como praticamente todas as ações são realizadas no meio digital, seus resultados podem ser medidos facilmente.

Cada estratégia possui objetivos distintos, e uma empresa de setor varejista pode aumentar sua visibilidade e suas vendas online, por exemplo.

Para tanto, pode-se mapear fatores como acesso às páginas da empresa, cliques em anúncios e até mesmo a jornada que o visitante emprega ao acessar o site até realizar uma compra. Com isso, percebe-se pontos defeituosos que estejam afastando visitantes, fundamentando ajustes de defeitos e aperfeiçoamentos de partes que funcionem bem.

Portanto, uma estratégia de marketing digital no setor varejista é plenamente possível e necessária para um varejo que pretenda se destacar no mercado. Estratégias digitais cuidam perfeitamente das exigências do consumidor atual, construindo uma imagem de referência para a empresa e uma relação de confiança com seus clientes e seguidores.

Já curtiu nossa página no Facebook? Então não perca tempo e fique por dentro das últimas novidades em publicidade e marketing!

O Google AdWords é a plataforma de anúncios da gigante das buscas. Por meio dela, você pode patrocinar palavras-chave e destacar a sua empresa ou seus serviços para quem busca por esses termos usando o Google.

Investir em AdWords se mostra como uma forma bastante eficiente de atingir exatamente quem está disposto a comprar seu produto. Afinal, se o usuário está buscando por aquele termo, é porque está interessado nele.

Além disso, cada vez mais, o Google torna o seu sistema mais sofisticado para conseguir trazer resultados melhores aos seus anunciantes. Graças a seus algoritmos, é possível atingir públicos altamente específicos baseando-se nos interesses deles.

Veja, a seguir, algumas dicas de boas práticas para investir em AdWords e ter bons retornos com essa iniciativa:

Escolha bem a palavra-chave

Toda a base do Google AdWords gira em torno de escolher os termos que o seu público-alvo costuma usar para fazer suas buscas. Para acertar, procure saber o máximo que puder a respeito dessa audiência e quais palavras-chave utiliza ao pesquisar no Google. Usando o planejador do AdWords, você pode testar combinações diferentes até chegar aos termos ideais para iniciar a sua campanha.

Defina um orçamento adequado

Não existe um orçamento ideal para todas as campanhas de AdWords, já que tudo depende das palavras-chave escolhidas. A partir do próprio planejador do Google, você consegue estimar o investimento necessário para os termos escolhidos. Também é possível utilizar um orçamento inicial para detectar o que funciona e o que não traz retorno.

Crie campanhas segmentadas

A real força de investir em AdWords está em segmentar as suas campanhas para otimizar seus resultados. Você pode direcionar seus anúncios para cidades e regiões específicas, determinados idiomas, aparelhos usados, entre outros. Com combinações eficientes dessas opções, você deve ser capaz de estruturar anúncios direcionados precisamente para a audiência que a sua empresa está buscando no ambiente digital.

Faça testes

Uma das principais vantagens de investir em AdWords é que você pode realizar experimentos para determinar quais escolhas conseguem trazer os melhores resultados para a sua campanha. Por meio de testes A/B, você pode testar variações diferentes de um mesmo anúncio e monitorar seus resultados. Para fazer isso, basta criar dois anúncios em um mesmo grupo com as opções desejadas e fique de olho nos números.

Acompanhe seus resultados

Toda campanha necessita de um monitoramento adequado de resultados, e isso também vale ao investir em AdWords. A partir da própria plataforma, você consegue acompanhar os seus números e detectar possíveis oportunidades para deixá-los ainda melhores. Por exemplo, se perceber que está difícil impactar a audiência escolhida, basta realizar alguns ajustes na segmentação para reverter esse quadro.

O Google é o site mais popular do mundo e o principal portal de entrada para vários outros. A sua empresa necessita desse impulso para permanecer relevante em seu mercado e conquistar cada vez mais público para os seus serviços e produtos. Isso é possível ao investir em AdWords com uma estratégia robusta que esteja em plena renovação.

Agora que você já conhece o básico do AdWords, comece a aprender mais sobre todo o potencial dessa ferramenta: baixe o e-book gratuito “Geração de Leads com o Google AdWords”!

Manter um site na internet já deixou de ser um luxo restrito apenas a algumas empresas. Hoje, qualquer negócio que queira sobreviver nessa era digital precisa investir em um bom site corporativo. O motivo é claro: para muitas pessoas, uma empresa que não pode ser encontrada pelo Google simplesmente não existe.

Nós sabemos da importância de um website para negócios e reunimos aqui alguns bons motivos para você investir na criação de um para sua empresa. Confira!

Mas qual é a importância de um website para minha empresa?

Reforça a sua presença digital

Como falamos acima, manter uma conexão com o ambiente digital é uma necessidade para qualquer negócio que deseja atingir melhores resultados, consolidar sua marca e otimizar sua geração de receita.

A internet é um recurso que aumentou a concorrência, ao mesmo tempo em que facilitou a aproximação entre marcas e consumidores. Manter um website no ar é, sem dúvida, a forma mais rápida e simples para aproveitar essa possibilidade e manter uma presença digital eficiente.

Traz mais credibilidade para sua marca

Profissionalismo e credibilidade estão entre os primeiros e principais atributos que um potencial cliente vai avaliar ao conhecer a sua empresa. Existem diversas formas de se fazer isso, e uma busca na internet pelo nome da empresa e suas referências é uma das mais rápidas maneiras de avaliar essas características de um negócio.

Um website completo sobre sua empresa, seus produtos e serviços, a história da marca e seu posicionamento de mercado, além de ajudar os consumidores a compreenderem o que você faz, vai auxiliar também na manutenção da credibilidade da sua marca.

Permite o monitoramento e a mensuração das visitas

Uma das principais vantagens que a internet proporcionou para os gestores e profissionais de marketing e comunicação é a possibilidade de monitorar e mensurar tudo o que acontece nos canais digitais da empresa.

Ou seja, em vez de depender apenas de hipóteses e pesquisas de mercado — como é o caso do marketing tradicional —, com um website, você terá acesso a dezenas de métricas que vão permitir que você compreenda com mais exatidão como seus prospects estão interagindo com o site.

Amplia o alcance de divulgação do negócio

Muitos empresários mantêm negócios atrelados fortemente à sua localização geográfica e, nesses casos, a divulgação também acaba ficando restrita à região da empresa. Quando pensamos em uma estratégia de marketing e comunicação online, esse alcance se amplia quase que ao mundo todo.

Basta ter um site online para que ele possa ser encontrado e acessado por qualquer usuário do planeta. Isso mostra a importância de um website para empresas que desejam aumentar seu espectro de divulgação e potencializar o alcance da sua marca.

Quais as boas práticas na hora de criar um site?

Confeccionar um website de qualidade e eficiente, no entanto, não é uma tarefa fácil. Muitas vezes, se ele não for pensado e planejado com atenção, acaba se tornando simplesmente um folder eletrônico que vai acabar não servindo para que a empresa atinja os objetivos que almeja.

Para evitar esse problema, o melhor caminho é contratar uma empresa especializada para fazer o site de acordo com o objetivo do negócio. Com o auxílio desses profissionais, seu negócio receberá um serviço que inclui todo o planejamento do site, para que ele tenha os recursos necessários para comunicar os benefícios que a empresa proporciona ao seu consumidor.

Além disso, vale lembrar também algumas outras boas práticas para a criação do site, como a valorização da experiência do usuário, uma estética agradável, funcional e que permita ao visitante encontrar com facilidade aquilo que procura.

Por fim, não se esqueça que muitos usuários navegam na web pelo celular, o que torna a acessibilidade por dispositivos móveis uma necessidade para qualquer website.

Empresas conectadas e antenadas com as mudanças do consumo sabem da importância de um website para aumentar o valor da marca e o retorno sobre os investimentos em marketing. Se você ainda não tem o seu, a hora de começar a planejar é agora!

Aproveite e entre em contato com nossos especialista e descubra como a Humann pode te ajudar na construção do seu o WebSite.

Muitas empresas, ao investir em marketing digital, acabam se desvinculando totalmente das estratégias de marketing tradicional que já estavam sendo realizadas.

Para que você tenha sucesso com as duas estratégias é preciso que elas caminhem juntas. Isso significa ter uma comunicação on-line e off-line que realmente faça sentido, sem separar a empresa em dois universos completamente diferentes.

As estratégias de omnichannel — termo recentemente utilizado e que tem sido tendência no mercado — consiste justamente na integração entre todos os canais da empresa, seja on ou off-line, levando comodidade e praticidade aos clientes.

Ao pensar em aliar marketing digital e marketing tradicional é necessário desenvolver ações que integrem os dois sem desvincular a imagem da empresa ou criar duas narrativas. Para que você consiga fazer esse alinhamento, separamos algumas dicas. Confira!

Divulgação e realização de eventos

É comum empresas, principalmente de varejo, divulgarem seus eventos no ponto de venda. Essa estratégia é interessante e funcional, uma vez que abraça os clientes e prospects que já possuem intenção de compra.

No entanto, uma divulgação realizada por meio das redes sociais ajudaria imensamente a aumentar o alcance do evento, uma vez que um post patrocinado pode ser bem segmentado e atingir pessoas na região da sua loja/empresa que ainda não conhecem/curtiram a sua página nas redes sociais!

Captação e nutrição de leads

A captação e a nutrição de leads também pode ser uma boa forma de unir marketing tradicional e marketing digital. Quando pensamos na aquisição de clientes precisamos entender também qual é o preço de cada novo cliente para a sua empresa.

O marketing tradicional tende a ser uma das opções mais caras na hora do investimento. Por isso, se aproveitarmos o benefício da segmentação do marketing digital conseguimos captar uma quantidade muito maior de leads e trabalhá-los de forma mais prática e barata, fazendo com que o custo de aquisição de cliente seja menor e o lucro chegue mais rápido.

Relacionamento com o cliente

Quando pensamos na aquisição de clientes na loja física, precisamos pensar também em como manter esses clientes engajados, além de conquistar novos.

O marketing digital é uma excelente maneira de aproximar cliente e empresa e aprimorar o relacionamento entre eles.

Com formas mais práticas de trabalhar cada cliente, as redes sociais e as estratégias de e-mail marketing são capazes de transformar clientes comuns em verdadeiros admiradores da sua empresa.

1. Redes sociais

As redes sociais vão ajudar a abrir o espaço de fala para os seus clientes. Elas são o contato mais simples com a sua empresa e um espaço em que os consumidores tradicionalmente apresentam suas dúvidas, críticas e sugestões.

O poder dessas ferramentas é imenso. Afinal, quem melhor do que seu próprio cliente para dizer o que ele precisa que você entregue, quais são as qualidades da sua marca e o que você precisa melhorar?

2. E-mail marketing

Para empresas que possuem um bom CRM ou um controle ainda mais simples de clientes e que trabalham com e-mail como forma de cadastro, o relacionamento também pode acontecer dentro dessa plataforma.

Uma boa estratégia de e-mail marketing permite enviar e-mails a respeito de promoções, produtos relacionados à última compra do cliente, fazer pesquisas de satisfação e muito mais!

A verdade é que, para que o seu negócio caminhe da melhor forma possível, é necessário entender como o marketing tradicional e o marketing digital podem trabalhar juntos. Cada um possui uma especificidade que precisa ser bem estudada e aproveitada para gerar resultados — e esse é o segredo das empresas de sucesso!

Gostou do nosso conteúdo? Restou alguma dúvida sobre o assunto? Deixe um comentário!

Não há dúvidas de que conquistar uma boa posição nas buscas do Google é indispensável para o sucesso de qualquer campanha de marketing digital.

Seja por meio da mídia orgânica ou por meio da mídia paga, essa estratégia é muito importante para a geração de leads — e, é claro, para o aumento nas vendas de uma organização.

Com isso, é natural que muitas empresas invistam pesado na produção e na distribuição de conteúdo, aumentando a concorrência pela atenção dos clientes e potenciais clientes, tornando a tarefa de alcançá-los cada vez mais difícil.

Então, o que fazer para garantir os resultados de minha estratégia de promoção? A resposta está na conciliação entre a mídia paga e a mídia orgânica. Confira!

O que é mídia orgânica?

A mídia orgânica está diretamente relacionada à capacidade de uma empresa em atrair visitas do Google de forma natural, sem ter de pagar nada por isso.

Ela também envolve as publicações feitas na timeline da empresa nas redes sociais, eficientes para aumentar o engajamento com os fãs e seguidores de sua organização.

Para se obter sucesso valendo-se da mídia orgânica, é preciso produzir conteúdo de qualidade, além de investir em SEO, estratégia que busca otimizar um site para que ele tenha um melhor posicionamento nas buscas.

Por um lado, é o tipo de promoção mais popular para conquistar melhores posições nas buscas e atrair a atenção dos clientes, uma vez que ela é gratuita e não exige a realização de investimentos muito grandes para despertar o interesse das pessoas.

Por outro lado, a mídia orgânica é capaz de gerar resultados apenas no médio e longo prazos, pois, além de exigir que a empresa construa um relacionamento com o cliente, a idade de uma página é um dos critérios para determinar sua posição nas buscas.

O que é mídia paga?

Ao contrário da mídia orgânica, a mídia paga consiste na criação e na publicação de anúncios pagos de uma empresa no Google e nas redes sociais, com o objetivo de aumentar a exposição de sua marca e, assim, conquistar melhores resultados.

Como os anúncios são pagos, os seus resultados são imediatos, e logo após a criação de seu anúncio no Google AdWords ou Facebook Ads, por exemplo, é possível aumentar o alcance das publicações e aumentar as visitas de seu site.

Com isso, podemos dizer que a mídia paga é uma estratégia ideal para as empresas que precisam gerar resultados mais rápidos, uma vez que não depende do engajamento das pessoas com o conteúdo publicado ou a idade da página para atrair a atenção de seus clientes.

Como conciliar a mídia paga com a mídia orgânica?

Apesar de possuírem características distintas entre si, a mídia paga e a orgânica não devem disputar a preferência em sua estratégia promocional.

O ideal é que você aproveite as vantagens e os benefícios de cada uma delas, permitindo que seu negócio alcance melhores resultados nas campanhas.

Uma boa maneira de fazer isso é investindo na mídia paga como uma estratégia para aumentar o número de visitas em seu site e o número de fãs e seguidores em suas redes sociais, aumentando a visibilidade de sua marca e conquistando clientes que ainda não conhecem seus produtos e serviços.

Enquanto isso, a mídia orgânica poderá ser usada para aumentar o engajamento dos fãs que você já conquistou, fazendo com que se aproximem ainda mais de sua marca.

Além de aumentar a audiência de suas campanhas promocionais, investindo na mídia orgânica e na mídia paga de forma simultânea, você poderá aumentar o engajamento do público com sua empresa, garantindo a conquista de resultados rápidos e no médio e longo prazos.

Assim, você será capaz de construir uma marca forte, melhorando o retorno sobre o investimento em estratégias de promoção e aumentando os lucros de sua empresa.

Agora que você já sabe o que fazer para conciliar a mídia paga e a mídia orgânica em sua estratégia de marketing, que tal continuar se informando sobre o assunto? Entenda aqui o que é Inbound Marketing e descubra como conquistar resultados ainda melhores para a sua empresa!

fale-com-a-humann Veja como conciliar mídia paga e orgânica na sua estratégia de Marketing

Para alcançar o sucesso no mundo dos negócios, é importante apostar em uma marca única, que ofereça um serviço diferenciado e que será realmente útil para os seus clientes. De uma forma mais simples, é necessário apostar em um bom posicionamento de marca.

Se você ainda tem inseguranças quanto ao seu planejamento e não sabe se está agindo de forma assertiva quando o assunto é a sua marca, continue com a gente e descubra como funciona e como deve ser feito seu posicionamento!

Diferenciando sua empresa

O posicionamento de marca é uma forma de evidenciar o seu negócio. Assim como um candidato a uma vaga que usa seu currículo para destacar suas qualidades, habilidades e preferências em sua área, uma empresa deve mostrar seu produto e as razões pelas quais ela oferece uma solução melhor que as disponíveis no mercado.

Ela deve dar motivos para que o público se interesse pelo negócio, além de explicar quais são os objetivos e princípios sob os quais a marca foi construída. Podemos dizer, então, que o posicionamento é a forma de mostrar a identidade do seu negócio para o público.

Aplicando a estratégia em seu negócio

Antes de explicar para os futuros clientes quem é a sua empresa, é importante que você saiba responder a essa pergunta muito bem.

Por isso, definir a missão, visão e valores, bem como a identidade visual e o tom adotado nos diversos formatos de comunicação (redes sociais, sites, peças e campanhas) é tão importante.

A identidade visual e seus objetivos irão direcionar você às respostas de perguntas como “para quem você deve vender?” e “como fazer isso?”. Isso é essencial para direcionar suas campanhas e ajudá-lo a obter os resultados esperados.

Veja algumas dicas para atingir sucesso absoluto em sua jornada:

Objetivo e realidade

Na hora de oficializar um objetivo, é importante ser realista. Você não pode dizer que vai fornecer as melhores peças para o mundo quando, na verdade, usa um material de qualidade inferior. Lembre-se que sua reputação estará em jogo e, por isso, só prometa o que pode cumprir;

Persona

Definir um público-alvo é essencial para o seu sucesso. Por isso, avalie o perfil que se beneficiará com o seu produto e trace-o com cuidado. Isso o auxiliará durante todo o empreendimento;

Experiência do cliente

Aposte em um atendimento de qualidade, bem como uma experiência de compra simples e acessível. O consumidor precisa que todos os passos sejam pensados à exaustão e que garantam um fechamento de negócios que traga agilidade e qualidade;

Marque presença

Ouça àqueles que, dia após dia, constroem seu negócio. Mostre que seus clientes são ouvidos e sempre procure aprimorar seu negócio de acordo com as reclamações e reivindicações deles. Dessa forma, você marcará presença entre o seu público de forma positiva.

Entendeu a importância de apostar em um bom posicionamento de marca? É por meio dele que você vai reforçar o nome da sua empresa para o consumidor, fortalecendo uma imagem positiva sobre seu negócio e conquistando, assim, um espaço especial em sua rotina.

Então, vamos colocar isso em prática? Para ajudar, comece entendendo como fortalecer seu nome e sua presença no mercado!

fale-com-a-humann Saiba como o posicionamento de marca pode ajudar sua empresa

A função do marketing é entender o mercado. Para isso, ele deve estudar o público e a concorrência e, assim, focar em gerar resultados eficientes para a empresa. Atualmente, a área expandiu sua atuação e envolve mídias digitais, mensuração de resultados, produção de conteúdo e muito mais.

Por isso, costumamos dividi-lo em dois polos principais: Inbound e Outbound Marketing. Ambos são extremamente importantes para o funcionamento de qualquer empresa e seu sucesso no mercado. Mas você conhece as diferenças entre Inbound e Outbound?

O Outbound como prospecção ativa

Quando as empresas investem em campanhas, eventos, anúncios nas mídias digitais, serviços de divulgação e vendas diretas, está praticando o Outbound Marketing. E o que ele é exatamente?

É a estratégia de marketing que busca o cliente, ou seja, procura seu público de forma ativa. Assim, apenas quando o alcança (seja por meio de comerciais ou pelo atendimento pessoal) tenta vender seu produto ou serviço.

A grande vantagem é o relacionamento mantido com os clientes por meio de uma equipe de atendimento. Isso pode evitar falhas de comunicação que atrapalhem a conversão inicial do lead. Outro benefício é o grande público alcançado por campanhas comerciais e anúncios, gerando ainda mais leads.

A principal desvantagem do Outbound é a possível desvalorização do serviço pelo cliente. Se ele foi prospectado, pode não entender a importância do seu produto para a resolução dos problemas. Aí, vai ser tarefa sua convencê-lo.

O Inbound como prospecção passiva

Seguindo lógica inversa ao Outbound, o Inbound Marketing não tem como objetivo ir atrás do público, mas atraí-lo para que venha até a empresa. O foco principal é gerar leads, ou clientes que possam eventualmente realizar a compra.

Algumas estratégias da venda passiva são o marketing de conteúdo, o gerenciamento de mídias sociais, o email marketing, a análise de resultados e de processos da empresa e a otimização de páginas online.

A maior vantagem dessa estratégia é a conversão de leads já educados acerca do seu serviço. Eles sabem quais são os problemas do seu negócio e já pensam em você como uma possível solução.

Além disso, exige menos aplicação de capital para maior geração de resultados. É muito mais barato investir em ferramentas de automação e de mensuração do que em um evento ou anúncio publicitário, por exemplo.

Uma desvantagem é o resultado em longo prazo. Se você quer conversão de clientes imediata, talvez não seja uma boa ideia investir somente no Inbound. Afinal, pode demorar um pouco até que público seja educado e confie na empresa para, então, procurar seus serviços.

O marketing é mais do que isso

Nós falamos sobre Inbound e Outbound, mas o marketing não é só isso. Por exemplo, você já ouviu falar em endomarketing?

É a estratégia de marketing para os próprios membros da empresa. Seu objetivo é estimular o trabalho das equipes e criar a imagem do emprego ideal. Assim, o trabalho pouco produtivo e de baixa qualidade é evitado.

A construção da imagem da marca para o mercado é marketing também. A identidade da empresa, dos membros a até mesmo dos produtos é mostrada ao público por meio de estratégias que procurem tornar a empresa única entre a concorrência.

Como você viu, não há uma fórmula para definir a estratégia de marketing ideal para seu negócio: cada marca tem suas especificações e suas prioridades, sem contar os diferentes públicos e objetivos de venda.

E para a sua empresa, qual é a melhor estratégia entre Inbound e Outbound Marketing? Conta pra gente aqui nos comentários!