A internet, atualmente, é o maior meio de comunicação entre pessoas e empresas. As redes sociais, os sites, os blogs, os fóruns e outros ambientes virtuais abrigam consumidores e marcas dispostas a vender — e o marketing digital para profissionais liberais colabora com essa conexão.

Profissionais liberais são suas próprias empresas. Por isso, devem saber as melhores práticas para se destacar na web. Diferentemente dos meios tradicionais, a internet possibilita um alcance maior do seu trabalho, com meios eficientes para conectá-lo ao potencial público consumidor.

Diante disso, continue a leitura e conheça 5 dicas de marketing digital para profissionais liberais!

1. Faça um bom planejamento

Para usar o marketing digital como ferramenta para trabalhar a sua imagem, você precisa efetuar um bom planejamento.

O primeiro passo é a verificação de que não existem restrições do uso desse tipo de ação juntamente aos órgãos que representam a sua classe. Advogados e profissionais da saúde, por exemplo, não podem explorar todos os tipos de mídia do marketing digital.

Nesse planejamento, você conhece e escolhe todos os serviços que podem trazer um retorno. Entre eles, podemos citar:

  • portfólio on-line;
  • Marketing de Conteúdo;
  • site;
  • e-mail profissional;
  • landing page;
  • fan page e outros.

2. Encontre sua audiência qualificada

Quem é o seu público? Essa é uma pergunta muito pertinente quando falamos sobre marketing digital para profissionais liberais. Afinal, não adianta marcar presença em toda a web se a sua audiência não for qualificada. Por isso, identifique os locais na internet que seu público frequenta.

Outro meio de se fazer isso é pelos anúncios patrocinados: eles possibilitam a segmentação das pessoas que vão receber sua propaganda. É possível estabelecer média de idade, gênero, localização, escolaridade e outros dados que possam remeter ao seu potencial cliente.

3. Reforce sua presença nas redes sociais

Caso a sua profissão não tenha restrições em relação ao uso do marketing digital, chegou o momento de colocar o planejamento em prática. Aproveite o poder das redes sociais para reforçar sua presença nelas.

Mude sua foto de perfil para uma mais profissional e verifique se suas informações estão atualizadas. Confira também como está o preenchimento da biografia, aquele espaço no qual você descreve quem é e o que faz.

Resuma com clareza sua atuação profissional e fique de olho nos comentários que são feitos. Responda às dúvidas e jamais deixe uma dúvida, crítica ou sugestão sem resposta.

4. Construa autoridade no seu segmento

Todo profissional liberal deseja se destacar no mercado, certo? Por isso, é importante que você construa sua autoridade. Participe de cursos, palestras, workshops e outros eventos para conhecer colegas de profissão e novos clientes. Essa é uma maneira eficiente de ser percebido.

Você também pode ser bastante ativo nos grupos de discussão e redes sociais que envolvem a sua área de atuação. Responda às dúvidas, aponte soluções, faça análises e demonstre o seu conhecimento. Inclusive, o mesmo pode ser feito em espaços frequentados pelo seu público.

5. Publique conteúdos de interesse em sua área

Já pensou em ter um blog? Publicar conteúdos de interesse em sua área permite a criação de autoridade — tanto entre os colegas de profissão quanto ao público. Defina as personas para as quais escreverá e capriche na criação de conteúdo original e relevante.

Por meio dessa estratégia — chamada de Marketing de Conteúdo — é possível preparar o seu público para consumir as soluções que você oferece. Então, elabore um calendário editorial com os assuntos que serão abordados e direcione as pessoas que podem ser atendidas pelo seu trabalho.

Enfim, como vimos, o marketing digital para profissionais liberais é uma ferramenta muito eficaz no preparo, na consolidação e na divulgação da sua imagem e das soluções oferecidas por você. Aproveite o potencial do marketing na web para aumentar o seu faturamento!

Se gostou de post e quer uma ajuda, fale com a Humann, uma agência especializada que pode ajudá-lo no desenvolvimento da sua estratégia digital!

Quem trabalha com marketing digital para franquias sabe que se trata de uma área desafiadora para ganhar visibilidade. É necessário conhecer muito bem a identidade da sua marca, e saber como utilizá-la a seu favor para conquistar a fatia certa de clientes.

Quando foi a última vez que você conseguiu parar para dar início a novas ideias em sua estratégia? Pode parecer difícil fazer isso em meio à correria do dia a dia, mas os benefícios valem muito a pena.

Implementar uma boa estratégia de marketing digital para franquias não é algo complicado. Basta voltar a sua atenção para os aspectos mais importantes da presença online do seu negócio e garantir a melhor abordagem para cada um deles.

Veja a seguir 6 dicas de marketing digital para franquias conquistarem mais sucesso!

1. Elabore um plano de marketing

Nenhuma iniciativa de marketing pode começar sem que exista um planejamento robusto por trás dela. Para trabalhar a favor da sua franquia na internet, você precisa organizar as suas ideias e desenvolvê-las adequadamente.

Estude o perfil do seu público, leve em consideração os seus objetivos e avalie o cenário do seu mercado para captar referências e optar pelas melhores ações.

2. Use os canais de marketing certos

Uma das principais vantagens do marketing digital é a grande quantidade de canais que ele oferece para você divulgar a sua franquia. No entanto, isso também pode ser um problema: você tem que saber como escolher aqueles que melhor se encaixam às suas necessidades.

Assim, leve em consideração quais são os seus objetivos e que tipo de plataforma seu público mais costuma usar (e-mail, redes sociais, SMS, entre outros).

3. Crie uma lista de e-mails e envie conteúdo

Impactar as pessoas por e-mail é uma ótima forma de mantê-las conectadas com a marca da sua franquia. Para isso, você precisa de dois elementos básicos: um meio para captar esses contatos e conteúdo de qualidade para disparar. Considere como é o dia a dia dos seus potenciais clientes; decida a respeito de uma frequência adequada de envio; e oferte materiais que agreguem valor ao cotidiano deles.

4. Atue nas redes sociais

Atualmente, é impensável para uma empresa não ter uma presença nas redes sociais. Elas se tornaram instrumentos indispensáveis de marketing e precisam fazer parte da realidade da sua estratégia.

Analise o perfil do público que você quer atingir e quais redes sociais essas pessoas mais costumam usar. Crie conteúdo que cause interesse nessa audiência e fortaleça a imagem da sua marca.

5. Cadastre seu estabelecimento no Google Meu Negócio

Um estabelecimento físico tem muito a ganhar ao contar com o Google como aliado na busca por clientes. Ao se cadastrar no Google Meu Negócio, você poderá registrar as suas informações de forma a facilitar que seu púbico as encontre, como: endereço, telefone, horários de funcionamento, entre outros.

Além disso, ao utilizar esse recurso, ficará mais fácil localizar o seu estabelecimento no Google Maps e no próprio site de buscas.

6. Conte com uma agência de marketing digital

Todo o trabalho feito, desde o planejamento até a execução de uma estratégia de marketing digital para franquias, precisa ser altamente cuidadoso e conduzido por profissionais qualificados. Somente assim você conseguirá obter retornos de qualidade com essas iniciativas.

Para isso, vale a pena contar com a ajuda de uma agência de marketing digital. É como pegar emprestado um time completo de especialistas cuja função é pensar em soluções para você.

Tudo pronto para impulsionar a visibilidade do seu negócio com uma boa estratégia de marketing digital para franquias? Basta seguir as dicas acima para aproveitar mais sucesso tendo a ajuda dos principais mecanismos do meio digital.

Quer ajuda? Entre em contato conosco por meio do site!

 

O remarketing é uma maneira inovadora para impactar públicos altamente precisos em suas campanhas de marketing. Trata-se de uma ferramenta que permite exibir seus anúncios para pessoas que executaram determinadas ações no seu site, enquanto estão acessando outras páginas ou até mesmo as redes sociais. Com isso, você pode anunciar produtos que consideraram, mas não compraram, por exemplo.

As características do remarketing fazem dele um instrumento essencial para entregar anúncios altamente relevantes para o público. Você pode deixar de anunciar para uma audiência genérica e mostrar sua publicidade apenas para quem já conhece a sua loja e considerou comprar o seu produto. É um jeito de melhorar sua taxa de sucesso com bem menos esforço.

Como qualquer outra ferramenta de marketing digital, o remarketing precisa de uma estratégia competente para trazer bons resultados. Se você não planejar adequadamente como será feita a segmentação, é capaz de não obter os retornos esperados.

Veja a seguir cinco dicas para usar o remarketing a favor dos seus negócios:

1. Entenda o comportamento do público

O ponto mais importante do remarketing envolve utilizar as ações da sua audiência para impactá-la com anúncios segmentados. Portanto, você somente vai conseguir bons resultados se compreender muito bem como ela se comporta.

É necessário entender as expectativas e motivações desse público para poder antecipar as suas ações e, assim, planejar suas campanhas de remarketing de maneira eficaz.

2. Utilize bons CTAs

O remarketing é uma ótima forma de capturar a atenção do seu potencial cliente no momento certo, mas você também precisa contar com a melhor abordagem para que ele se interesse pela sua oferta.

O seu call to action (CTA) deve levar em consideração o perfil dessa audiência e adotar uma linguagem compatível com ela, imprimindo um senso de urgência e agregando valor à oferta. Somente assim você conseguirá que as pessoas cliquem nos seus anúncios.

3. Ofereça mais produtos

Conquistou uma conversão? Ótimo! Só que isso não significa que você precisa parar de impactar essa audiência com o remarketing. Aí está uma oportunidade para anunciar mais possibilidades para ela, levando em conta o interesse original na loja e no produto.

É importante manter a relevância ao planejar esses anúncios para melhorar seu potencial de sucesso. Por exemplo, quem comprou um carro pode se interessar por acessórios para veículos.

4. Faça testes

Um dos principais benefícios da tecnologia é poder realizar uma infinidade de testes em tempo real para comprovar a eficácia de determinadas estratégias.

O remarketing permite que você crie variações de um mesmo anúncio para detectar quais obtém melhor retorno. Esses são chamados de testes A/B e também podem ser aplicados às demais estratégias da sua marca, mas são particularmente valiosos para o remarketing.

5. Use as plataformas adequadas

O remarketing é uma possibilidade em diversas plataformas de mídia diferentes, como Google AdWords, Facebook e YouTube, entre outros.

Assim como você deve fazer em outras campanhas da sua marca, é necessário levar em conta os hábitos e o perfil do seu público-alvo para escolher o local adequado para anunciar para ele. Conheça os benefícios de cada uma dessas possibilidades antes de tomar a sua decisão ou integre todas elas em uma única estratégia.

Tendo em vista todas as suas vantagens, fica claro que o remarketing pode contribuir bastante para os seus resultados. Como qualquer outra ferramenta, ele é tão bom quanto a sua capacidade de empregar as melhores estratégias ao utilizá-la.

Mantenha o seu planejamento em plena evolução, levando em conta o comportamento do seu público e de que maneiras ele reage à sua publicidade.

Continue aprendendo mais sobre todo o potencial que esse meio traz para o seu negócio. Confira no nosso blog por que investir em marketing digital no setor varejista.

O Google é o maior portal de entrada de acessos para a maioria dos sites da internet. Para contar com esse impulso de audiência para sua empresa, você precisa garantir que o algoritmo do buscador consiga encontrar o seu website com facilidade. A melhor forma de se certificar disso é seguindo algumas regras de SEO (Search Engine Optimization, que significa otimização para mecanismos de busca).

Isso quer dizer que é preciso realizar algumas mudanças no seu site para que o Google consiga encontrá-lo e categorizá-lo adequadamente para os termos relevantes. Assim, quem buscar por assuntos referentes ao seu negócio, poderá ver suas páginas como sugestões.

Para gerar os resultados esperados, essa estratégia deve ser seguida à risca. Ou seja, é necessário conhecer bem as principais regras de SEO e aplicá-las em seu site de maneira eficaz. Ao adaptar o seu conteúdo, você aumentará consideravelmente as suas chances de aparecer em posições melhores entre os resultados do Google.

Veja a seguir como utilizar as regras de SEO em seu site e aumentar a sua visibilidade:

Escolha as palavras-chave certas

O Google funciona a partir de termos buscados pelos seus usuários. Portanto, para adaptar o seu conteúdo a isso, você precisa considerar quais palavras-chave representam o seu negócio adequadamente. Depois, certifique-se de que elas apareçam em suas páginas de maneira orgânica, sem exageros.

Cada página do seu site pode ter uma palavra-chave diferente, então, tome as decisões adequadas.

Configure corretamente suas meta tags

O código-fonte das páginas do seu site contém meta tags, que devem ser devidamente adaptadas como parte das regras de SEO. Uma delas é a title tag, que é de onde o Google tira o título que exibe nas páginas de resultados. O mesmo vale para a description tag, que gera a descrição.

Para aumentar suas chances de sucesso, certifique-se de incluir sua palavra-chave escolhida nessas tags.

Conte com um layout responsivo

As regras de SEO mudam sempre que novos hábitos do público são detectados pelo Google. Recentemente, ele passou a priorizar sites que são adaptados para dispositivos móveis, já que oferecem uma experiência de usuário superior.

Então, está na hora de passar a contar com um layout responsivo em seu site e otimizar seus elementos para funcionarem em qualquer tamanho de tela.

Tenha URLs amigáveis

As URLs do seu site são cheias de códigos e termos difíceis de entender? É muito melhor ter uma estrutura como “www.seusite.com.br/nome-da-secao” para transmitir confiança ao seu público e se adequar às regras de SEO. Isso permitirá que as suas páginas sejam encontradas com mais facilidade pelo Google e os seus visitantes já saibam do que se tratam antes mesmo de clicarem.

Fique de olho nas atualizações

As regras de SEO não são permanentes. Todos os dias podem surgir novidades e atualizações no algoritmo do Google que modificam a forma que ele seleciona os resultados de buscas.

Acompanhe notícias relacionadas ao tema para ficar sabendo das mudanças e poder adaptar o seu site a elas. Lembre-se: o Google vai sempre buscar formas de oferecer o melhor conteúdo ao público. O seu site precisa ser sempre capaz de se encaixar nessa descrição.

Agora você já conhece as principais regras de SEO que têm influência na visibilidade do seu site. Para contar com o Google como aliado para trazer acessos, você deve ter essas dicas em mente e trabalhar para que o seu site se adapte a elas. Além de garantir posições superiores nas páginas de resultados de pesquisas, essas mudanças também serão decisivas para que os seus visitantes tenham uma experiência superior.

Quer ajuda nesse trabalho? Fale conosco por meio da página de contato do site.

O Facebook deixou de ser apenas uma rede social para se tornar um instrumento decisivo para diversos marcas obterem sucesso. A plataforma não serve só para conquistar curtidas e compartilhamentos: você pode melhorar suas vendas pelo Facebook. Segundo dados da área, 75% das micro e pequenas empresas dizem ter aumentado suas vendas depois que entraram no Facebook. 

Além de permitir uma comunicação direta com a sua audiência, essa rede social também possibilita uma exposição eficiente dos seus produtos para potencializar suas vendas. O segredo está em utilizar o conteúdo certo para obter bons resultados.

Se você se interessou pelo assunto, veja, a seguir, algumas dicas para aumentar as suas vendas pelo Facebook. Vamos lá!

Destaque seus produtos

Parece óbvio, mas é sempre importante destacar: para aumentar as suas vendas pelo Facebook, você precisa criar o hábito de publicar posts a respeito dos seus produtos.

Traga suas características e vantagens, além de utilizar dias e horários de publicação que tenham identificação com o seu público-alvo. A linguagem do post e os argumentos também serão ditados pelo que você sabe a respeito do perfil da sua audiência.

Patrocine os seus posts

A plataforma Facebook Ads permite contar com resultados impressionantes com suas campanhas  inclusive aquelas direcionadas a vendas pelo Facebook. Considere impulsionar os seus posts para obter mais alcance e, assim, impactar mais gente.

Um dos principais recursos dele é o sistema de segmentação, que possibilita atingir gente com características altamente específicas, sendo esta uma ótima forma de mostrar seu anúncio, apenas para quem tem perfil para se interessar por ele.

Interaja com o público

As redes sociais não servem somente para você publicar o seu conteúdo e esperar o retorno da audiência. É necessário, também, interagir com essas pessoas, tirar dúvidas, responder às críticas e aos elogios, além de levar em conta esses feedbacks para as suas estratégias.

Quem sente que uma marca não está lhe dando atenção, dificilmente fará negócio com ela. Portanto, crie o hábito de checar as interações da sua empresa regularmente.

Empregue a geolocalização

Um dos recursos mais inovadores do Facebook é a geolocalização, que permite exibir o seu conteúdo apenas para pessoas de determinados locais. Isso é bastante valioso para estabelecimentos físicos que querem atrair clientes de certas regiões para o seu espaço.

Paralelamente, também serve para que você consiga controlar o público que está atingindo de maneira bem precisa, potencializando seus retornos.

Use o f-commerce

Além de considerar todas essas formas de melhorar suas vendas pelo Facebook, que tal contar com a possibilidade de, literalmente, comercializar seus produtos dentro da rede social?

Isso é possível por meio do f-commerce, que são sistemas capazes de criar uma verdadeira loja virtual para você, dentro da sua página no Facebook. Com isso, você poderá cadastrar os seus produtos e disponibilizá-los para os visitantes comprarem, sem que precisem sair da plataforma.

Agora que você já sabe todas essas dicas, é a hora de estruturar um plano robusto dentro do seu orçamento de marketing para aumentar as suas vendas pelo Facebook. Já ficou claro o quanto essa rede social pode beneficiar os seus resultados, bastando contar com a abordagem correta e usar os seus recursos a seu favor. Fique de olho nos seus indicadores de engajamento e conversão para detectar oportunidades e se manter em constante melhoria.

Gostou do conteúdo? Aproveite a visita e aumente sues conhecimentos do assunto aprendendo o que é o conceito de vendarketing!

É possível aproveitar uma série de benefícios ao utilizar as redes sociais na área da saúde. Essas plataformas são capazes de ajudar, de maneira eficaz, na interação com o público-alvo e no fortalecimento da imagem da marca no mercado.

Com o aumento da concorrência, é cada vez mais necessário implementar os esforços adequados para permanecer relevante em sua área de atuação. Ou seja, se está difícil conquistar mais pacientes, está na hora de rever a sua estratégia.

Estar presente nas redes sociais não é novidade. Há grandes chances, inclusive, de vários dos seus concorrentes já estarem obtendo ótimos resultados com essas plataformas.

Recupere o tempo perdido tomando a decisão certa: investindo um pouco de tempo nessa tática. Veja a seguir os principais motivos para adotar as redes sociais como estratégia na área da saúde.

Aumento de credibilidade

Conforme as redes sociais se popularizaram, um fenômeno importante passou a ocorrer: as pessoas começaram a se acostumar a procurar por informações sobre todo tipo de negócio nessas plataformas. Se a sua clínica não estiver presente nelas, fica mais difícil transmitir credibilidade.

Inspirar confiança no público é algo complexo. É necessário, portanto, usar todas as ferramentas disponíveis. Quando a organização tem uma presença forte nas redes sociais, fica mais fácil reforçar esse aspecto.

Contato com o público

As redes sociais são, em primeiro lugar, meios de comunicação para as pessoas. As interações conquistadas ali são, então, decisivas para o trabalho de marketing.

Por esse motivo, é preciso, entre outros, criar o hábito de responder aos comentários e às mensagens enviadas para a página da clínica. Além disso, essas plataformas podem ser usadas para tirar dúvidas, colher opiniões, receber sugestões e críticas, captar possíveis temas para a produção de conteúdo, entre outros.

Acesso a dados em tempo real

Para ter certeza de que os seus esforços nas redes sociais estão trazendo os resultados esperados, vale a pena se apoiar em dados concretos atualizados em tempo real. A partir deles, é possível conferir os tipos de publicação mais populares entre seu público, aqueles que garantem mais visibilidade e conversões, os dados demográficos da sua audiência e vários outros itens.

Diversas opções para escolher

Quando o assunto são as redes sociais na área da saúde, um dos principais benefícios é poder escolher entre várias plataformas. Apesar de o Facebook ser a opção mais popular e difundida, isso não significa que a sua estratégia deva se limitar a ele.

Outras alternativas incluem o Instagram, que ressalta mais o aspecto visual, e o Twitter, que permite atualizações rápidas em tempo real. O que vai determinar as melhores escolhas para o seu caso é o quanto você sabe a respeito das plataformas mais usadas pelo seu público-alvo.

Uma estratégia de redes sociais na área da saúde pode ser decisiva para que a sua clínica conquiste mais pacientes e fortaleça sua própria imagem no mercado. Fique sempre de olho nas tendências de inovação que possam proporcionar melhorias aos seus resultados e antecipar os movimentos dos seus concorrentes.

Agora que você já entendeu a importância de atuar de forma estratégica com o marketing na área de saúde, confira os principais motivos para contratar uma agência para ajudar nesse trabalho.

Cada vez mais a evolução tecnológica permite novas possibilidades ao publicar conteúdo na internet. Atualmente, vivemos a época das transmissões ao vivo nas redes sociais — que é uma ótima oportunidade para as marcas se destacarem.

Iniciar uma live é algo que pode trazer diversos benefícios para quem deseja atingir mais público e fortalecer a presença. É um formato que atrai atenção e oferece um nível inédito de imersão. Você pode levar os seus seguidores para dentro da sua empresa dessa forma, por exemplo.

Para contar com os melhores resultados possíveis, é necessário implementar uma estratégia robusta por trás da sua live. Afinal, não é todo tipo de conteúdo que terá sucesso — assim como qualquer outra iniciativa de marketing da sua empresa, requer planejamento. Confira:

Por que utilizar transmissões ao vivo nas redes sociais da empresa?

Aproveitar a força das redes sociais para turbinar a estratégia de marketing de uma marca não é mais novidade. Hoje em dia, a concorrência também está presente nessas plataformas, e é necessário sempre encontrar novas formas de se destacar.

Um dos principais motivos para usar transmissões ao vivo nas redes sociais da empresa é a possibilidade de chamar a atenção do seu público com um conteúdo diferenciado. Trata-se de um modelo de vídeo que atrai engajamento, porque oferece uma sensação de exclusividade e imersão total.

Além disso, redes sociais — como o Facebook e o Instagram — estão incentivando bastante o uso desse recurso ao dar mais visibilidade a ele do que posts normais recebem. Nas duas plataformas, os seguidores veem uma notificação quando a live começa, e nenhum outro tipo de publicação tem um impulso como esse.

Como usar transmissões ao vivo nas redes sociais da empresa?

Venda de produtos

Se o seu objetivo com as redes sociais é aumentar as suas vendas, uma live pode ser exatamente o que você precisa. Aproveite a melhoria natural de engajamento e alcance que esse tipo de vídeo possui e comece a destacar seus produtos e serviços.

Para que isso seja feito, crie uma apresentação que atraia o interesse do público e fique de olho nas interações para tirar todas as dúvidas possíveis.

Captação de leads

É sempre positivo contar com artifícios para captar leads e transformá-los em clientes fiéis e satisfeitos. Você pode utilizar as lives como uma maneira de engajar essas pessoas com um conteúdo que queiram aproveitar — como palestras, webinars, cursos e outros.

Cobertura de eventos

Que tal valorizar a sua marca ao tornar os seus eventos mais acessíveis para o público? Mesmo quem não puder comparecer pode acompanhar todos os detalhes com a sua transmissão ao vivo nas redes sociais da empresa. Se for algo interessante para a sua estratégia, por exemplo, você pode fazer isso até com eventos internos.

Qual a hora de começar?

A melhor maneira de conhecer todas as particularidades de transmissões ao vivo nas redes sociais é usando esse recurso. Faça experimentos e refine a sua estratégia após cada live.

Fique de olho na reação das pessoas para saber o que melhorar nas próximas vezes e entender que tipo de conteúdo gostariam de conferir. Trata-se de um método excelente para engajar a audiência, então aproveite esse benefício.

Restou alguma dúvida sobre o potencial das transmissões ao vivo nas redes sociais da sua empresa? Deixe um comentário com a sua pergunta!

A produção de conteúdo é uma ferramenta altamente eficaz na hora de educar, treinar e entreter consumidores de todas as idades e origens, sendo também um passo crucial em direção às vendas. É por esse motivo que as empresas precisam oferecer algo além de um simples produto: elas devem entregar conteúdo relevante e valioso para engajar clientes.

Mas é preciso cuidado para não cometer o erro de querer vender algo a todo momento. Afinal, antes de oferecer seu produto de fato, é preciso falar dos interesses do cliente, das soluções para seus problemas e abordar suas preocupações.

Ficou interessado nessa solução? Então acompanhe as nossas dicas e comece já a engajar clientes!

Descubra qual é a sua voz

Antes de mais nada, descubra qual é a voz correta para falar com o seu público. Comece a entender as necessidades, desejos, medos e aspirações da sua audiência para então ver qual é a melhor forma de abordagem, tom e tamanho de texto ou duração de vídeo.

Alguns produtos requerem mensagens rápidas, enquanto outros demandam grande quantidade de informação.

Entenda o que o seu cliente quer

O que o seu cliente quer? Para entender, ouça o que eles estão dizendo nas redes sociais. Leia os comentários nas contas da sua empresa, busque as palavras-chave e monitore as hashtags.

Fique alerta para captar o que as pessoas estão dizendo sobre a indústria da qual você faz parte e também sobre os seus concorrentes. Tudo isso irá dar o insight que você precisa para engajar clientes com mais precisão.

Fale como uma pessoa de verdade

O cliente as vezes esquece que existe uma pessoa de verdade por trás do blog, da newsletter, do Facebook, Twitter e outros perfis de redes sociais. Para uma comunicação realmente efetiva, use um tom que não se pareça com uma máquina ou um memorando emitido por órgão público.

É claro que dependendo do perfil do seu cliente, a conversa deverá ser mais formal, mas mesmo assim não há impedimento algum para ao menos chamar o seu cliente pelo nome e tentar uma leve aproximação.

Crie conteúdo envolvente

Antes de escrever um artigo, dê um passo para trás e pergunte à si mesmo: “eu gastaria o meu tempo lendo isso?”. Lembre-se que o cliente não tem tempo ilimitado, e por isso, irá escolher onde depositar sua atenção.

O título deve invocar uma reação, mostrar uma necessidade ou fazer uma pergunta que o seu público-alvo não vê a hora de conhecer a resposta.

Encoraje o próximo passo

Embora a maior parte do seu conteúdo foque na educação e/ou entretenimento, é preciso continuar engajando o cliente, atrair novos e, é claro, vender. Para tanto, é preciso posicionar muito bem o call-to-action, aquela frase que irá direcionar a próxima ação da sua audiência.

Como você viu, engajar clientes por meio de conteúdo requer planejamento, criatividade, paciência para testar coisas novas e, acima de tudo, determinação. Nem todo conteúdo irá fazer sucesso e se espalhar pela internet, mas cada frase que a sua marca colocar na vida das pessoas pode fazer toda a diferença!

Gostou desse post e quer ficar por dentro de todas as novidades sobre marketing digital? Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo!

As redes sociais como o Facebook, o Linkedin, o Twitter, o Instagram e o YouTube chegaram com o propósito de revolucionar a comunicação digital — e não é que conseguiram? A relação entre as pessoas e entre clientes e empresas mudou de forma considerável nos últimos anos graças à popularidade de tais plataformas.

Não se trata apenas de entretenimento, mas de um estilo de vida e de uma poderosa ferramenta capaz de conectar um imenso público com suas marcas preferidas. É preciso ter em mente que as redes sociais para empresas são de extrema importância nos dias de hoje.

Neste post listamos 5 motivos para a sua empresa marcar presença nas redes sociais. Confira!

1. O comportamento dos consumidores mudou

Quando se fala em mudança de comportamento, a tecnologia é quase sempre a culpada. E em um mundo em que novas tecnologias aparecem o tempo todo, as empresas precisam colocar as necessidades do cliente em primeiro lugar.

Por meio das redes sociais a sua empresa pode resolver problemas em tempo real, com um atendimento pessoal e sob medida.

Mas atenção: o seu público-alvo precisa saber que por trás da sua marca existem pessoas de verdade, e não robôs. Por isso, a conversa precisa ser o mais natural possível.

2. Os dispositivos móveis conquistaram o mundo

O aumento de smartphones e tablets no mercado significa que mais e mais pessoas estão acessando a internet por meio de dispositivos móveis. Alguns usuários têm acesso aos tradicionais computadores de mesa e notebooks, mas esses aparelhos estão ficando cada vez mais esquecidos em casa.

O uso de redes sociais para empresas garante que a sua marca esteja em qualquer lugar, a um clique de distância.

3. As pessoas querem encontrar a sua empresa com facilidade

É claro que as redes sociais estão repletas de adolescentes e celebridades, mas também estão cheias de pessoas “normais”, quer dizer, pessoas de todas as classes sociais, idades e escolaridade. O seu potencial cliente com certeza também está lá!

Colocar o seu negócio nas redes sociais ajuda a sua empresa a encontrar sua audiência e também a fazer com que o público ache o seu negócio mais facilmente!

4. O seu conteúdo pode ir muito além

Se a sua empresa tem um blog e/ou uma newsletter, estar presente nas redes sociais é ainda mais importante! As redes sociais são uma das maneiras mais efetivas de distribuir conteúdo para uma grande audiência — e quanto mais pessoas compartilharem o seu conteúdo, mais a sua marca ficará exposta.

5. O custo é muito menor do que no marketing tradicional

Embora pareça para alguns, as redes sociais não são grátis. Por exemplo: um dos maiores custos inclui contratar um profissional ou uma agência de marketing especializada para gerenciar os perfis da sua empresa. Só que mesmo assim os custos ainda ficam entre o mínimo e o não tão barato, mas certamente muito mais em conta do que os orçamentos da publicidade tradicional.

Esses são apenas alguns dos importantes motivos para a sua empresa estar presente nas redes sociais, visto que é uma ótima maneira de se aproximar do seu público, vender mais e conquistar fãs no processo.

Agora que você já sabe a importância das redes sociais para empresas, aproveite para compartilhar conosco a sua experiência no assunto. Deixe um comentário!

Quando foi a última vez que você obteve um resultado expressivo com o seu marketing digital? Já está precisando de uma renovação? Então está na hora de trabalhar com mídia online de forma mais estratégica!

Cada canal de marketing possui potencial para maximizar a exposição da sua marca e trazer resultados superiores para a sua empresa. Para isso, é importante saber escolher aqueles que se encaixam à sua estratégia e conhecer muito bem o perfil e as expectativas do seu público. Um bom planejamento é capaz de apontar o caminho ideal para você.

Confira a seguir as 5 melhores práticas ao fazer campanhas de mídia online:

1. Mire no público certo

Um dos principais atrativos da mídia online é a possibilidade de direcionar os seus anúncios para públicos altamente específicos, o que maximiza as suas chances de sucesso.

Portanto, certifique-se de que você está planejando atingir a audiência certa, que possui identificação com o seu produto e também com a empresa.

Para acertar, é preciso contar com um bom estudo de público-alvo, algo valioso para todas as etapas do marketing.

2. Trabalhe com o canal adequado

O marketing digital tem diversas alternativas para quem quer atuar com mídia online. Você pode optar pelas redes sociais, e-mail marketing, links patrocinados e vários outros meios. A escolha dos mais indicados para a sua campanha vai depender dos seus objetivos e da audiência desejada.

Lembre-se que é sempre possível realizar experimentos para tornar a sua decisão mais fácil.

3. Atraia a atenção do público

Com cada vez mais empresas investindo em mídia online, você precisa dobrar os seus esforços para deixar a sua publicidade mais marcante para um público já saturado de tantos anúncios. O melhor caminho é compreender bem as necessidades dessas pessoas para oferecer soluções certeiras.

Além disso, busque diferenciar visualmente o seu anúncio da concorrência, além de empregar uma redação que instigue a curiosidade e imprima um senso de urgência. Faça testes e realize adaptações.

4. Meça seus resultados

Nenhuma campanha de mídia online consegue ser bem-sucedida sem que a equipe mensure os seus resultados para detectar as áreas que precisam ser melhoradas.

A partir da análise dos números corretos, você também pode antecipar tendências valiosas que são capazes de mudar os rumos da sua estratégia ao apresentarem oportunidades inéditas de impactar seu público. Sem esse monitoramento, você acaba trabalhando no escuro.

5. Conte com a ajuda de uma agência

Pelos itens anteriores, já deu para perceber como é importante se certificar de que cada etapa do planejamento e execução de mídia online precisam ser muito bem pensadas.

Um único erro pode ser determinante para a sua estratégia fracassar e a imagem da sua empresa ser danificada. É para garantir o sucesso que muitas marcas buscam o auxílio de uma agência de marketing digital, que é capaz de administrar todas essas demandas e realizar entregas de qualidade.

A partir desses pontos, você já pode começar a estruturar o seu planejamento para aproveitar mais oportunidades com mídia online. Lembre-se da importância de segmentar adequadamente as suas campanhas e medir os resultados obtidos: trabalhando dessa forma, você garante uma melhoria contínua nas suas iniciativas.

Traga a melhor estratégia para a sua empresa atingir seus objetivos com excelente performance. Entre em contato conosco e descubra como podemos ajudá-lo!

fale-com-a-humann 5 melhores práticas ao fazer campanhas de mídia online