03/02/2017 - 14:09
Franquia

Como manter a fidelidade do franqueado?

Mais importante até do que ampliar sua rede de franquias é manter a fidelidade do franqueado. Afinal, você já deve saber que o custo para manter um cliente fiel é consideravelmente menor do que o necessário para conquistar um novo.

Esse não é um processo simples: manter os clientes em sua base envolve fatores aparentemente subjetivos, como a felicidade e a satisfação do consumidor. Para ter sucesso nesses pontos, portanto, é fundamental investir em boas relações com o seu público. Você já ouviu falar em marketing de relacionamento para franqueados?

No post de hoje, explicaremos sobre o que se trata esse conjunto de técnicas para criar vínculos e percepções positivas com a sua rede, trazendo vantagens para ambas as partes. Curioso? Então conheça agora 3 ações de relacionamento que ajudarão sua franquia a preservar a fidelidade do franqueado:

Mantenha um diálogo contínuo com os franqueados

Um dos maiores problemas na relação entre franqueador e franqueados é a falta de comunicação. Seus licenciados devem ser cuidados como se fossem seus clientes finais e, por isso, é muito importante abrir canais para ter um contato direto com eles. As redes sociais, intranets, e-mails, videoconferências, reuniões presenciais e eventos são exemplos de meios que facilitam essa conversa.

A boa comunicação também possui um papel fundamental para manter os franqueados próximos e mais produtivos. Eles podem, de modo mais simplificado, retirar suas dúvidas, discutir restrições de propaganda ou enviar sugestões para melhorar a relacionamento.

Considere ainda promover encontros entre os franqueados, estimulando a troca de experiências e relatos sobre erros e acertos. Isso fará com que eles se sintam mais integrados à sua rede.

Assegure vantagens financeiras

Um ponto bastante relevante para manter a fidelidade do franqueado é demonstrar e promover soluções pelas quais os franqueados possam obter um bom retorno financeiro.

Além dos custos de implementação da franquia, estrutura, tecnologia e mão de obra, os licenciados também precisam pagar uma parcela de seus faturamentos para o franqueador. Em algum momento, ele precisa notar que esse negócio é vantajoso, certo?

Vamos ressaltar aqui duas estratégias para resolver essa questão. A primeira é demonstrar os resultados reais obtidos por outros franqueados para um iniciante na rede, uma importante prova social para motivar os entrantes.

A segunda se baseia nos tradicionais programas de fidelidade: quanto mais tempo um franqueado permanece na base, mais prêmios — como a redução na cota do franqueador, por exemplo — ele recebe. Essas táticas mexem com a percepção e a motivação dos licenciados ao entrarem na franquia, estimulando que continuem no negócio.

Compartilhe conhecimento

Quando você treina e educa os seus funcionários continuamente, espera-se que eles produzam e entreguem resultados com mais qualidade, não é verdade? Isso também acontece com a sua relação com os franqueados.

Quanto mais eles absorverem sua cultura organizacional, receberem capacitação sobre gestão e negócio e se abastecerem com conteúdos sobre a sua área de atuação, maiores (e melhores) serão os resultados alcançados.

Para isso, você pode adotar o Marketing de Conteúdo. Essa estratégia engloba a criação e compartilhamento de conteúdo relevante para um público-alvo específico – nesse caso, os franqueados. Esses materiais podem vir em forma de artigos de blog, newsletters, vídeos, podcasts, revistas, etc.

Além dos conteúdos, você pode compartilhar suas ferramentas de gestão, especialmente se ela for implementada na nuvem. Dessa forma, além de não precisar instalar nenhum software em suas máquinas, o franqueado ainda se aproveita de uma tecnologia usada pelo franqueador, que normalmente é visto como referência.

O que sua empresa precisa fazer para garantir a fidelidade do franqueado é dar motivos para que ele veja que é mais vantajoso permanecer na base do que sair. As soluções apontam para um caminho em comum: se manter presente.

Esse vínculo estreito é crucial para conhecer melhor seus franqueados, entendendo suas frustrações e objetivos. Assim, você terá mais dados e condições de criar estratégias para que todos saiam ganhando nessa relação.

Como você viu, o bom relacionamento é a chave para manter a fidelidade do franqueado. Gostou dessas dicas? Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba mais conteúdos sobre gestão de franquias, marketing e negócios em seu e-mail!

 

manual-para-gestao-de-crises-com-franqueados Como manter a fidelidade do franqueado?


Nome completo

E-mail

Digite sua mensagem aqui