18/07/2017 - 08:00
Marketing de Incentivo

Endomarketing e marketing de incentivo: entenda as diferenças

É comum associar o marketing como sendo uma área que cuida apenas das questões externas da empresa, mas isso é um equívoco. Atualmente existem diversas linhas de estudo que se preocupam com os clientes internos da companhia — seus colaboradores.

Endomarketing e marketing de incentivo podem ser destacados nesse sentido. Ao utilizá-los, é possível construir um time de trabalho muito mais alinhado, motivado e comprometido na busca pelos resultados da companhia. Mas qual é a diferença entre os dois?

Continue a leitura deste post para entender a singularidade de cada assunto, bem como a melhor forma de utilizá-los na sua empresa!

Diferenças entre endomarketing e marketing de incentivo

Ambas as atividades possuem um objetivo principal: contribuir para que a empresa alcance seus resultados por meio de profissionais engajados. Contudo, existem algumas peculiaridades em cada uma das práticas.

Primeiramente é importante compreender o que é endomarketing. Essa atividade envolve qualquer estratégia e ação de marketing que tenha foco nos profissionais da empresa — seja com o objetivo de engajar, informar, fidelizar ou sintonizar os colaboradores.

O marketing de incentivo, por outro lado, é uma atividade muito mais específica. Seu propósito é energizar os trabalhadores rumo ao alcance dos objetivos desejados, fazendo com que todos alcancem e ultrapassem as metas inicialmente estipuladas.

Desse modo, é possível afirmar que o marketing de incentivo é apenas uma das vertentes do endomarketing, mas ambos contribuem para estruturar um negócio sólido e bem-sucedido, com profissionais realmente comprometidos com os resultados.

Principais motivos para investir no assunto

Existem muitos benefícios relacionados ao assunto. Não é à toa que algumas das maiores companhias do mundo, como Fiat e Citibank, investem nisso.

Um exemplo muito simples e eficiente é o da Fiat, fabricante de carros italiana. Nela, os funcionários são os primeiros a realizar o test-drive dos lançamentos — isso demonstra que a empresa valoriza seus profissionais e os considera como clientes internos.

Pequenas ações como essa possuem diversos efeitos positivos. Veja:

  • motivação dos colaboradores;
  • comprometimento com os objetivos desejados;
  • aumento da produtividade;
  • redução da evasão de talentos da empresa;
  • otimização do bem-estar interno;
  • melhoria do clima organizacional;
  • crescimento do negócio de um modo geral.

Como desenvolver ações desse tipo na empresa

Como já foi dito, essas estratégias de marketing atuam com foco no ambiente interno da empresa. Por isso, antes de qualquer outra coisa, é preciso se colocar no lugar dos colaboradores e imaginar o que realmente é importante para eles.

Algumas das ações mais utilizadas são:

  • comemoração de aniversários e datas especiais;
  • otimização dos canais internos de comunicação;
  • aplicação de premiações que sejam desejadas pela equipe;
  • implementação de eventos motivacionais;
  • promoção de campanhas solidárias;
  • aprimoramento da integração dos colaboradores;
  • apresentação de vídeos institucionais.

Para que as ações de endomarketing tenham os efeitos desejados, é importante saber como planejar, executar e monitorar uma boa estratégia. Nesse sentido, é crucial que a sua empresa conte com a ajuda de especialistas no assunto. Os resultados serão épicos!

Gostou do nosso conteúdo? Está pronto para investir em endomarketing e marketing de incentivo? Então aproveite para entrar em contato conosco e descobrir a solução que temos especialmente para você!


Nome completo

E-mail

Digite sua mensagem aqui