02/07/2018 - 12:00
Branding

Nutrição de leads: o que fazer após atrair os leads para sua base?

Você conseguiu impactar clientes em potencial com a sua estratégia de marketing, e eles têm o perfil exato da audiência que você está buscando. Parabéns! O próximo passo é iniciar a nutrição de leads, um processo muito importante que manterá esse público conectado à sua empresa e o transformará em um mar de clientes.

Não é possível dar continuidade a uma estratégia de marketing sem a nutrição de leads. Ela consiste em considerar o histórico e o perfil de cada pessoa e impactá-la com conteúdo relevante, o que pode ser desde um blog post até um e-mail. Conforme se qualificam cada vez mais, seus leads se tornam mais próximos das vendas.

Tudo isso é impensável de se conduzir manualmente. É por isso que a nutrição de leads se apoia quase completamente na automação de marketing. Você deve determinar as ações que dão origem a quais gatilhos e monitorar de que forma o público está reagindo às suas abordagens. 

Confira, a seguir, o que você precisa fazer para começar a nutrição de leads em sua estratégia:

Considere as necessidades da persona

Nenhuma campanha de marketing pode ser iniciada sem um profundo conhecimento a respeito das necessidades da persona. Leve em conta essa informação para definir os eventos relacionados à sua nutrição de leads. Se a pessoa está em busca de dados referentes a certo assunto, ele tem que ser o principal chamariz dos seus contatos, ao mesmo tempo em que agrega valor ao material oferecido.

Defina quais ofertas serão enviadas

O envio do conteúdo certo em cada estágio é o centro de qualquer estratégia de nutrição de leads. Depois de entender o que a sua persona precisa, o próximo passo envolve considerar o estágio do funil de vendas em que cada lead se encontra, e planejar como impactar cada pessoa. Para isso, é vital que você tenha materiais relevantes para cada um desses momentos, e que se conectem entre si de maneira coerente.

Determine os intervalos entre os envios

O timing das suas ofertas é um elemento decisivo para o sucesso da sua estratégia de nutrição de leads. Ele deve levar em consideração não só o perfil da sua persona, como também as ações anteriores dela. Por exemplo, se alguém interagiu com determinado material, quanto tempo seria aceitável esperar até o próximo contato? A resposta pode variar dependendo da densidade do conteúdo, seu tema e das necessidades do público.

Crie os textos das mensagens

O esforço de redação na nutrição de leads deve considerar a etapa do funil de vendas em que o lead se encontra e as suas ações anteriores. É importante personalizar ao máximo esses contatos, usando tokens que resgatem o nome do destinatário e demais informações relevantes para aquela interação. Vá direto ao ponto e foque totalmente na sua oferta: ela deve falar por si e ter seu valor nítido no assunto e no corpo do e-mail.

Elabore os seus fluxos de nutrição

Depois de seguir todos os passos até aqui, chega a hora de desenhar os seus fluxos de nutrição. Eles serão a culminação de todas as informações planejadas até o momento e servem para ilustrar como serão feitos os seus envios e com quais critérios. Essa também é a hora de inserir tais dados em sua ferramenta de automação de marketing, que deve contar com uma seção focada no fluxo de nutrição.

Agora que você já sabe de tudo o que deve ser feito na nutrição de leads, procure dar início a esse trabalho. Lembre-se de que a sua estratégia precisa estar em plena evolução. Nunca deixe de aprimorá-la ao utilizar novas informações aprendidas sobre suas personas e seu mercado, além de captar referências relevantes para as suas campanhas que possam alavancar os seus resultados.

Já que o assunto é envio de e-mails, que tal se cadastrar na nossa newsletter? Assim, você fica por dentro de todas as novidades e mais dicas como essas.


Nome completo

E-mail

Digite sua mensagem aqui